Pesquisar
5 Min Leitura

Saiba quem inventou a geladeira e como foi o processo

Mulher olhando para dentro da geladeira.

Ainda que o sistema de refrigeração tenha um papel de extrema importância e seja indispensável no dia a dia, nem sempre ele esteve presente nos lares e estabelecimentos comerciais. Mas você já se perguntou quem inventou a geladeira e como isso aconteceu?

A Clima Rio vai contar tudo sobre a invenção da geladeira e traçar um panorama até a chegada do eletrodoméstico no Brasil. Mais que isso, você saberá quais foram os impactos positivos e as mudanças vivenciadas pela sociedade da época.

Como era antes da invenção da geladeira?

Antes de descobrir quem inventou a geladeira, vamos compreender como foi o processo de criação do sistema de refrigeração. Afinal, ele é o primeiro passo para as funções de conservar, refrigerar e congelar os alimentos.

Antes dessa criação, a primeira forma de conservar as comidas e mantê-las frescas era pelo contato com o gelo. Por volta de 400 a.C., os persas faziam o armazenamento em uma estrutura chamada Yakhchal, que possuía muros de até 10 metros e paredes com 2,5 metros de espessura. Essa era uma forma de evitar que o gelo descongelasse sobre as carnes e os lacticínios.

Com o passar dos anos, o gelo ganhou um complemento: o sal. Em 1800, na Inglaterra, essa combinação era usada em casas próprias para armazenamento, onde as camadas de gelo eram envoltas em sal e mantidas no subsolo para resistir até o verão.

Como a coleta do gelo era trabalhosa, foi necessário desenvolver uma forma de refrigeração artificial, que alcança as baixas temperaturas ao vaporizar rapidamente um líquido por compressão. Esse efeito foi obtido por uma pequena máquina criada pelo professor escocês William Cullen em 1748, na Universidade de Glasgow.

A invenção não pôde ser usada na prática, mas foi precursora para outros inventores, como Oliver Evans, que fez o projeto da primeira máquina semelhante às da atualidade, e Jacob Perkins que a construiu. Na sequência, o médico John Gorrie patenteou um sistema de ar comprimido para resfriar o ar de seus pacientes com febre amarela.

Mulher olhando o interior da geladeira.

Como se deu a invenção da geladeira?

Com esses avanços, a primeira invenção semelhante à geladeira foi criada: um dispositivo de refrigeração para conservação e armazenamento de bebidas feito por James Harrison em 1857. Ele foi contratado por uma marca de cerveja, mas logo outros segmentos se inspiraram, como o do comércio de alimentos.

Pouco tempo depois, em 1913, a primeira geladeira do mundo foi criada e comercializada com o nome de Domelre, nos Estados Unidos. O nome vem de Domestic Electric Refrigerator, escolhido por Fred W. Wolf Jr., que inventou o aparelho e priorizou as seguintes vantagens:

  • instalação imediata sem dificuldades;
  • temperatura automática controlada por termostato;
  • sistema doméstico com ar refrigerado condensado.

Em 1939, a General Electric produziu uma versão semelhante à atual com dois compartimentos: um para resfriar e outro para congelar os alimentos. Nessa época, o eletrodoméstico se popularizou e a difusão ocorreu depois da Segunda Guerra Mundial, mas só chegou ao Brasil anos depois.

A primeira geladeira do Brasil foi construída em 1947, numa pequena oficina em Brusque (Santa Catarina), pelos criadores da marca Consul. Em 1950, a venda foi iniciada e teve uma boa aceitação, o que levou à ampliação da marca e criação da versão atual, sem uso de querosene.

Como a invenção mudou a vida moderna?

Agora que você já sabe quem inventou a geladeira, pode imaginar quais foram as mudanças na rotina das civilizações. Com a conservação de comida, a alimentação das populações se tornou mais variada, já que não havia receio dos mantimentos estragarem com facilidade.

Mais que isso, as pessoas passaram a ter a possibilidade de armazenar comidas prontas, sem precisar cozinhar todos os dias. Isso gerou, inclusive, uma economia no gás de cozinha. Esse novo recurso também facilitou o retorno das mulheres ao mercado de trabalho, deixando o cuidado doméstico em segundo plano.

Os benefícios não se resumiram ao ambiente residencial, tendo também se estendido para o comércio de carnes, a importação de alimentos perecíveis, a indústria farmacêutica e a rotina médica. Nesse último setor, a refrigeração foi essencial para a conservação de vacinas e medicamentos.

Com diversas vantagens e grande importância no dia a dia, a história da geladeira está em constante evolução e sempre apresenta novidades. Apenas para citar algumas, podemos destacar: economia de energia, modelo duplex (com duas portas), produção de gelo automática, função smart (com conexão Wi-Fi, aplicativo de música e TV), tecnologia frost free e defrost.

As melhores geladeiras estão na Clima Rio!

Gostou de saber quem inventou a geladeira e como ela evoluiu até chegar ao modelo dos dias atuais? Na Clima Rio, você descobre outras curiosidades semelhantes e acompanha as novidades do mercado em primeira mão, tendo acesso aos melhores produtos com preços competitivos.

Inclusive, caso esteja precisando de uma nova geladeira, com funções que trazem praticidade para sua rotina, olhe os modelos disponíveis no site. Aqui, você encontra marcas renomadas e pode comprar em poucos cliques ou visitar uma das lojas físicas.

Mulher abrindo a geladeira.